• Bruna Zimmermann

COMO É ESSA TAL DA ANÁLISE BIOENERGÉTICA?

Atualizado: 20 de Dez de 2019

A Análise Bioenergética é uma abordagem de terapia corporal desenvolvida pelo psicanalista Alexander Lowen, a partir dos trabalhos de Wilhelm Reich, que foi discípulo de Freud, mas que acabou rompendo com ele justamente por acreditar na falha da técnica psicanalítica ao ignorar o corpo no auxílio do paciente a superar seus conflitos emocionais. Hoje, depois de anos me dedicando ao trabalho clínico, fazendo uso da abordagem psicanalítica, também estou me deparando com essa “falha” – que para mim, soa mais como uma falta. Falta corpo, falta emoção, falta expressão, falta contato..


Na minha vida pessoal, tive o privilégio de viver, desde cedo, o grande prazer proporcionado pelo meu corpo com a arte da dança. Eu já fui do axé ao tango, e posso dizer que ela sempre me foi um caminho cheio de desenvolvimento, pois era meu canal de expressão dos sentimentos e também minha cura... tudo que não conseguia colocar no mundo de uma maneira direta, a dança para mim, teve – e tem – esse poder. Meu corpo teve a possibilidade de ser presenteado com a consciência corporal, que mesmo sendo de fundamental importância, percebo, dentro e fora do consultório, que está em falta na maioria das pessoas.


Noto que não há uma educação nesse sentido, e as pessoas, simplesmente, não aprendem a entrar em contato com o próprio corpo, e parecem estar se distanciando cada vez mais dele. Com isso, elas não identificam o que sentem, não cuidam do corpo e não sabem se comunicar com ele. Vejo esse processo acontecendo muito na atualidade, a falta de corpo na própria essência e nas relações, que contribui diretamente no adoecimento mental.


Fico extremamente feliz em dizer que estou em especialização na análise bioenergética, pois entendo, e vivo, as limitações de não percebermos o corpo no setting terapêutico. Lowen, considerado pai da bioenergética, comentou que a maioria das pessoas que estavam em terapia (não corporal) sentiam que seu crescimento se detinha. Por sua vez, a terapia corporal busca restabelecer esse processo de crescimento, fornecendo novas experiências e ajudando a remover ou reduzir os bloqueios. Estes que, nada mais são, do que padrões estruturados de comportamento resultante de conflitos da infância.


Esses dias ouvi de uma grande psicóloga, que “a infância é o chão que se pisa a vida inteira”, e é por isso, através do trabalho com o passado, o paciente pode descobrir os seus conflitos originais e novas formas de lidar com situações de ameaça à vida que o forçaram a se “encouraçar” como forma de sobrevivência. E para isso, a única maneira de conseguir o verdadeiro crescimento no presente é reviver o passado. E o passado de uma pessoa é justamente seu corpo.


Lowen diz, em muitas de suas obras, que o corpo não mente. Mesmo que a pessoa não fale verbalmente seus verdadeiros sentimentos, atrás de atitudes ou posturas artificiais, seu corpo denunciará o estado de tensão criado. Porque a vida de um indivíduo é a vida de seu corpo.


Tendo como base esse pensamento, a bioenergética é uma técnica terapêutica que ajuda o indivíduo a reencontrar-se com o seu corpo, e a tirar o mais alto grau de proveito possível da vida que há nele. Essa ênfase do corpo inclui a sexualidade, que é uma de suas funções básicas. Mas inclui também funções de respiração, movimento, sentimento e auto expressão, que, mesmo com a minha especialização em andamento, já são possíveis serem exploradas durante a sessão.


As técnicas usadas vão além da fala do paciente e da escuta do terapeuta; alguns exercícios que exijam olhar para o próprio corpo, que relaxem, ou dizer frases repetidamente, mover-se, emitir sons, e às vezes, até gritos. Pensando no mundo que vivemos hoje, com a velocidade das ações, a pressa do afeto, a mecanização das relações, a falta de intimidade, os desencontros sexuais etc., faz sentido pensar em técnicas que possam trabalhar a auto expressão, como forma de aproximar as pessoas delas mesmas - trazê-las para o corpo e para o coração.


“O indivíduo que não respira corretamente reduz a vida do seu corpo. Se não se movimenta livremente, limita a vida de seu corpo. Se não se sente inteiramente, estreita a vida de seu corpo e, se sua auto expressão é reduzida, o indivíduo terá a vida de seu corpo restringida”. Alexander Lowen

Quanto mais estudo, mais me apaixono pela teoria, pois acredito que ela se alinha ao meu

propósito de vida, que é justamente o amor, sendo o processo de terapia uma aventura de autodescoberta, cujo objetivo é abrir o coração para a vida e para o amor. É nada mais que a retomar sua natureza, sua condição de ser livre. E essa liberdade é não bloquear sentimentos nem sensações, deixar fluir os movimentos do corpo, para que com ele saudável, a mente também seja saudável.

70 visualizações

Rua Caldas Novas, 50

Bethaville

CEP 06404-301

Barueri/SP

bru_llz@hotmail.com

(11) 97467-2083

  • Facebook
  • LinkedIn

AGENDE SUA CONSULTA

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now